Intel’s news source for media, analysts and everyone curious about the company.

Intel apresenta unidade de processamento de infraestrutura (IPU)

Único construído em colaboração com parceiros de nuvem hyperscale, o dispositivo ajuda a melhorar a eficiência e o gerenciamento de data centers

O que é novo: Esta semana, durante o evento Six Five Summit, a Intel apresentou a unidade de processamento de infraestrutura (IPU), dispositivo de rede programável projetado para diminuir a carga de provedores de serviços em nuvem e de comunicação e melhorar o desempenho das CPUs. Em outras palavras, com a IPU os clientes farão um uso ainda melhor de seus recursos com uma solução segura, programável e estável, capaz de equilibrar processamento e armazenamento.

 

“A IPU representa uma nova categoria de tecnologias e é um dos pilares estratégicos da nossa estratégia para a nuvem. Além de expandir nossos recursos SmartNIC, ela foi projetada para lidar com a complexidade e as ineficiências do centro de dados moderno. Na Intel, estamos dedicados a criar soluções e inovações em parceria com nossos clientes e parceiros – a IPU é um exemplo perfeito deste tipo de colaboração”,

– Guido Appenzeller, CTO do Data Platforms Group na Intel

 

Como funciona: A IPU é um dispositivo programável de rede que faz a gestão inteligente dos recursos de infraestrutura no nível do sistema por meio da aceleração segura dessas funções no data center.

 

Ela permite que os operadores migrem para uma arquitetura de armazenamento e de rede totalmente virtualizada, mantendo altos níveis de performance e previsibilidade, bem como um alto grau de controle.

 

A IPU conta com funcionalidades dedicadas a acelerar aplicações modernas, construídas usando uma arquitetura baseada em microsserviços no data center. Levantamentos feitos pelo Google e pelo Facebook mostram que de 22%1 a 80%2 dos ciclos de CPU podem ser perdidos por conta de sobrecarga de comunicação de microsserviços.

 

Com a IPU, um provedor de serviços de nuvem pode fazer a gestão segura das funções de infraestrutura, além oferecer aos clientes o controle total das funções da CPU e da memória do sistema.

 

Os principais benefícios da IPU incluem:

  • Acelerar as funções de infraestrutura, incluindo a virtualização do armazenamento, da rede e da segurança com aceleradores de protocolo dedicados.
  • Liberar os núcleos da CPU, mudando as funções de armazenamento e virtualização de rede que eram feitas anteriormente no software da CPU para a IPU.
  • Melhorar a utilização do data center, permitindo uma colocação flexível das cargas de trabalho.

Permitir que os provedores de serviços de nuvem personalizem as implantações de funções de infraestrutura na velocidade do software.

 

 

 

“O resultado da colaboração com um grande número de parceiros hyperscale é que a Intel já é líder em volume no mercado de IPU por meio de soluções como Xeon-D, FPGA e componentes Ethernet”, afirma Patty Kummrow, vice-presidente do Data Platforms Group e diretora-geral do Ethernet Products Group na Intel. “A primeira das plataformas IPU baseadas em FPGA da Intel foi implantada em vários provedores de serviços na nuvem e nossa primeira IPU ASIC já está em fase de testes.”

 

Andrew Putnam, gerente de Engenharia de Software da Microsoft, complementa: “Antes mesmo de 2015, a Microsoft já era pioneira no uso de SmartNICs reconfiguráveis, em várias gerações de servidores Intel, para descarregar e acelerar grandes blocos de rede e de armazenamento por meio de serviços como Azure Accelerated Networking. Com os SmartNICs, podemos liberar núcleos de processamento, escalar para bandas ainda mais largas e armazenar IOPs, adicionar novos recursos mesmo após a implantação e fornecer desempenho previsível para nossos clientes em nuvem. A Intel é nossa parceira de confiança nessa oferta desde o início e é reconfortante ver como a empresa continua promovendo uma visão forte da indústria do data center do futuro com a oferta da unidade de processamento de infraestrutura.”

 

O que vem por aí: A Intel anunciará em breve a chegada de plataformas IPU baseadas em FPGA e ASICs dedicados. Todas as soluções serão habilitadas por uma base de software potente, permitindo aos clientes a criação de softwares de orquestração em nuvem de última geração.

 

Porque é importante: Os data centers do futuro exigirão uma nova arquitetura inteligente em que computação heterogênea distribuída em grande escala trabalhe de forma integrada e perfeitamente conectada, assemelhando-se a uma plataforma única de computação. Essa nova arquitetura será capaz de resolver os desafios atuais relacionados a recursos ociosos, fluxos de dados congestionados e falta de compatibilidade com plataformas de segurança. A arquitetura de data center inteligente terá três categorias – CPU para computação de uso geral, XPU para aceleração de aplicativos ou cargas de trabalho específicos e IPU para aceleração de infraestrutura – que serão conectadas por meio de redes programáveis para utilização eficiente dos recursos do data center.

 

Informações Adicionais: Por que tudo o que você andou pensando sobre o futuro do data center está errado (apresentação de Navin Shenoy) | Assista à apresentação da Intel no Six Five Summit para descobrir como a IPU pode ajudar a resolver os crescentes problemas complexos dos clientes.

 

Notas:

1https://static.googleusercontent.com/media/research.google.com/en//pubs/archive/44271.pdf

2https://research.fb.com/publications/accelerometer-understanding-acceleration-opportunities-for-data-center-overheads-at-hyperscale/

Sobre a Intel

A Intel (NASDAQ: INTC) é líder da indústria e cria tecnologias que mudam o mundo, apoiando o progresso e melhorando a vida das pessoas. Inspirados pela Lei de Moore, trabalhamos continuamente no aprimoramento do design e da fabricação de nossos semicondutores para ajudar clientes e parceiros a encontrar a melhor resposta para seus maiores desafios. Ao incorporar inteligência à nuvem, rede, borda e em todos os dispositivos de computação, fazemos com que o potencial dos dados seja realmente capaz de transformar os negócios e a sociedade. Para saber mais sobre as inovações da Intel, acesse newsroom.intel.com.br e intel.com.br.

© Intel, o logo da Intel e outras marcas Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias. Outros nomes e marcas são de propriedade de seus respectivos donos.