Indústria comprova, por meio de testes, que recentes atualizações de segurança não causam impacto de desempenho em equipamentos

Como a Intel e outros nomes da indústria relataram na última quarta-feira, durante os esforços para proteger os clientes das vulnerabilidades “Specter” e “Meltdown” foram realizados diversos testes a fim de avaliar qualquer impacto no desempenho dos equipamentos que pudesse ser causado por meio das recém-lançadas atualizações de segurança. Apple, Amazon, Google e Microsoft estão entre as empresas que já realizaram testes e que observaram pouco ou nenhum impacto no desempenho de seus sistemas.

Segue resumo das avaliações realizadas:

Apple: “Nossos testes mostraram que a aplicação das atualizações liberadas em dezembro de 2017 não resultou em nenhuma redução notável no desempenho do macOS e do iOS, conforme resultados obtidos por meio de benchmarks públicos como o GeekBench 4 e de benchmarks para navegadores como Speedometer, JetStream, e ARES-6.”

Microsoft: “A maioria dos clientes Azure não deve sentir um impacto de desempenho com a atualização. Nós trabalhamos na otimização da CPU e do I/O path e não percebemos alterações após a correção ter sido aplicada.”

Amazon: “Não observamos impacto significativo no desempenho da grande maioria das cargas de trabalho EC2.”

Google: “Na maioria dos nossos workloads, incluindo a infraestrutura para nuvem, não notamos nenhum impacto significativo de desempenho.”

A Intel continua acreditando que um possível impacto das recentes atualizações no desempenho dos sistemas depende totalmente da carga de trabalho e que o usuário comum de computadores não deve ser afetado. Além disso, qualquer possível efeito será amenizado ao longo do tempo.

Mais informações:

Sobre a Intel:

A Intel (NASDAQ: INTC), líder na indústria de semicondutores, está construindo o futuro orientado ao uso de dados pela computação e telecomunicações como base das inovações. O vasto conhecimento em engenharia da Intel ajuda as empresas a enfrentarem os maiores desafios do mundo, além de proteger, alimentar e interligar bilhões de dispositivos e infraestrutura de um mundo inteligente e integrado - da nuvem à rede, do começo ao fim, conectando tudo que há no meio.
Para mais informações sobre a Intel, acesse:
newsroom.intel.com e intel.com.

Intel e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou suas subsidiárias nos Estados Unidos e/ou outros países.

*Outros nomes e marcas são de propriedade de seus respectivos donos.