Intel’s news source for media, analysts and everyone curious about the company.

Verizon abre caminho para computação móvel 5G em larga escala com a primeira sessão global bem-sucedida de dados 5G totalmente virtualizada de ponta a ponta.

A Verizon acaba de completar sua primeira sessão de dados 5G totalmente virtualizada de ponta-a-ponta no país.  Trata-se de um marco tecnológico que estabelece a base para que a Verizon ganhe agilidade no atendimento às variadas necessidades de latência e computação dos seus clientes e abre caminho para a computação de ponta móvel em larga escala e divisão de rede.  No início do mês, a empresa lançou a iniciativa 5G mobile edge compute ao vivo para desenvolvedores com comprimento de onda AWS nos locais 5G Edge da Verizon em Boston e na região da Baía de San Francisco.  À medida que a Verizon expande sua liderança em computação móvel de borda (MEC), a virtualização das redes de acesso por rádio (RAN) se torna ainda mais importante.

A virtualização de RAN, assim como o trabalho de virtualização previamente concluído no núcleo da rede, dissocia a funcionalidade do software e do hardware, permitindo que a rede seja construída em hardware de uso geral. A vantagem da utilização de servidores comerciais padronizados é que ela permite maior flexibilidade e agilidade na introdução de novos produtos e serviços. Em vez de adicionar ou atualizar um hardware de finalidade única, a mudança para uma arquitetura virtualizada baseada em contêiner nativa na nuvem com interfaces padronizadas proporciona maior flexibilidade, entrega mais rápida de serviços, maior escalabilidade e maior eficiência de custo em redes.

“A virtualização da rede toda desde o núcleo até a borda é fruto de um esforço de longa data a fim de simplificar e modernizar toda a nossa rede”, explica Adam Koeppe, vice-presidente sênior para tecnologia e planejamento na Verizon. “Nos últimos anos, a Verizon vem liderando a virtualização do núcleo e tem sido otimista no design e desenvolvimento da tecnologia RAN aberta. Além disso, todos os testes da nova tecnologia foram bem-sucedidos.”

Essa virtualização também irá diminuir as barreiras para a entrada de novos fornecedores no ecossistema. Os novos players irão acelerar os processos de inovação, reduzir custos operacionais e estabelecer a base para infraestruturas de rede e nuvem flexíveis mais próximas ao usuário, podendo levar à latência de um único dígito. Os principais casos de uso de 5G focados em fornecer a melhor e mais eficiente rede para clientes irão depender fortemente da programabilidade das redes virtualizadas.

“Soluções de IOT em grande escala, dispositivos e soluções de consumo mais robustos, AR/VR, assistência médica remota, robótica autônoma em ambientes de manufatura e soluções onipresentes de cidade inteligente são apenas algumas das formas pelas quais poderemos tornar o mundo digital realidade.  Os avanços na tecnologia de virtualização são fundamentais para alcançarmos esse objetivo”, afirma Koeppe.

Uma andorinha só não faz verão

A Verizon contou com a colaboração de vários parceiros nessa demonstração bem-sucedida de virtualização na Rede de Acesso por Rádio.

A Samsung disponibilizou sua solução RAN virtualizada 5G comercial, formada por uma Unidade Central virtualizada (vCU), uma Unidade de Distribuição virtualizada (vDU) e unidades de rádio. A solução será capaz de oferecer maior eficiência, flexibilidade e opções de gestão aos operadores móveis por meio da implantação de uma infraestrutura de rádio 5G baseada em software. Segundo a Samsung, a sua solução 5G RAN totalmente virtualizada já está disponível para uso comercial.

Já a Intel disponibilizou seu processador escalável Intel Xeon, a Placa de Aceleração Programável Intel FPGA (Intel FPGA PAC) N3000 e o Adaptador Intel de Rede Ethernet XXV710 a fim de entregar os requisitos necessários de processamento, aceleração e conectividade. Outra contribuição da empresa foi a arquitetura de referência de software FlexRAN para o desenvolvimento de virtualização.

A empresa de desenvolvimento de software Wind River forneceu à Verizon uma infraestrutura de software nativa da nuvem, baseada em Kubernetes e em contêiner, que oferece latência ultrabaixa e alta disponibilidade para implantação nacional de RAN 5G virtualizado. A solução da Wind River está integrada aos melhores aplicativos vRAN da categoria, fornecendo gerenciamento automatizado de painel único e sem toque, além de análise de rede.

Sobre a Intel

A Intel (NASDAQ: INTC) é líder da indústria e cria tecnologias que mudam o mundo, apoiando o progresso e melhorando a vida das pessoas. Inspirados pela Lei de Moore, trabalhamos continuamente no aprimoramento do design e da fabricação de nossos semicondutores para ajudar clientes e parceiros a encontrar a melhor resposta para seus maiores desafios. Ao incorporar inteligência à nuvem, rede, borda e em todos os dispositivos de computação, fazemos com que o potencial dos dados seja realmente capaz de transformar os negócios e a sociedade. Para saber mais sobre as inovações da Intel, acesse newsroom.intel.com.br e intel.com.br.

© Intel, o logo da Intel e outras marcas Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias. Outros nomes e marcas são de propriedade de seus respectivos donos.