Processadores Intel Xeon Scalable quebram 95 recordes mundiais de desempenho

A Intel anunciou hoje 95 novos recordes mundiais de desempenho1 dos processadores Intel® Xeon® Scalable, apontados por benchmarks atualizados de entidades que reúnem padrões da indústria. Esses marcos foram alcançados por servidores de grandes fabricantes, abrangendo desde sistemas de soquete único até sistemas com oito soquetes.

“Estamos extremamente orgulhosos com os 95 recordes mundiais de desempenho que nossos parceiros alcançaram, mas ainda mais satisfeita por ver que nossos clientes estão usufruindo dessa velocidade ao usar a família mais rápida de processadores Intel Xeon da história”, destaca Lisa Spelman, vice-presidente e gerente geral de produtos Intel Xeon e marketing de data center.

A atual explosão do volume de dados transmitidos e a necessidade de processar, armazenar, analisar e compartilhar essas informações estão levando o setor não só a inovar, mas também a demandar níveis de desempenho muito mais altos na nuvem, nas redes e dentro dos ambientes empresariais. Ao contar com velocidades recordes, as empresas podem acelerar as operações e elevar os padrões de produtividade. Com o uso dos processadores Intel® Xeon® Scalable em data centers, será possível construir infraestruturas eficientes e de alto desempenho em termos de consumo de energia.

Os processadores Intel® Xeon® Scalable quebraram recordes mundiais de desempenho em diversas plataformas de servidores, executando desde cargas de trabalho genéricas em sistemas de soquete único até processos avançados de computação técnica e análise de Big Data em servidores de oito soquetes. Todos os sistemas testados incluem mitigação para Spectre e Meltdown.

A lista completa (em inglês) dos recordes mundiais mais recentes pode ser encontrada na página de benchmarks do Intel Xeon Scalable em Intel.com.

Os processadores Intel® Xeon® Scalable apresentam um novo núcleo desenvolvido a partir do zero, tendo em vista as demandas diversificadas de carga de trabalho e o rápido crescimento dos data centers. Oferecem até 28 núcleos e 56 threads por processador, um aumento de 50% em canais de memória e 20% mais vaias PCIe em comparação com a geração anterior. Também fornecem até duas vezes mais flops/ciclo com a Intel® Advanced Vector Extensions 512 (Intel® AVX-512), em comparação com o Intel® Advanced Vector Extensions 2 (Intel® AVX2), produzindo ganho significativo em muitas aplicações de computação de alto desempenho, além de ser a base para cargas de trabalho que estão surgindo – tais como as de inteligência artificial.

Notas

  • Os recordes mundiais são determinados a partir da avaliação dos resultados publicados pelas organizações de benchmark em 14 de setembro de 2018.
  • Os patrocinadores dos testes atestaram, na data da publicação, que CVE-2017-5754 (Meltdown) foi mitigado no sistema, conforme testado e documentado.
  • Os patrocinadores dos testes atestaram, na data de publicação, que CVE-2017-5753 (Spectre variante 1) foi mitigado no sistema, conforme testado e documentado.
  • Os patrocinadores dos testes atestaram, na data de publicação, que CVE-2017-5715 (Spectre variante 2) foi mitigado no sistema, conforme testado e documentado.
  • Outros dados sobre configuração adicional podem ser encontrados na íntegra dos respectivos relatórios dos testes.

1 Configurações dos recordes mundiais: resultados e configurações datados de 14 de setembro de 2018 ou conforme indicado.

Sobre a Intel
A Intel Corporation (NASDAQ: INTC) expande as fronteiras da tecnologia para tornar as mais incríveis experiências possíveis. Informações sobre a Intel pode ser encontrada em newsroom.intel.com, newsroom.intel.com.br e intel.com.
Siga a Intel no Twitter e no Facebook: www.twitter.com/intelbrasil e www.facebook.com/intelbrasil.
Intel e o logo da Intel são maras registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.