Intel apresenta o futuro da computação de alto desempenho

Nova arquitetura Omni-Path, com o dobro de desempenho da geração anterior – taxas de transferência de até 200 Gb/s – foi anunciada durante a ISC 2018

supercomputer 2x1

A nova era da supercomputação traz oportunidades inéditas de inovação para a ciência e a indústria e foi tema da International Supercomputing Conference (ISC 2018) realizada em Frankfurt, Alemanha. A próxima geração dos computadores de alto desempenho (HTC, ou high-performance computing) oferecerá a cientistas e pesquisadores novas e poderosas ferramentas para acelerar o ritmo das descobertas científicas e da inovação. A Intel está liderando a convergência entre Inteligência Artificial (IA), análise avançada, simulação, modelagem e outras cargas de trabalho típicas da HPC para levar este setor a um novo patamar.

Durante o evento, a Intel anunciou a nova geração de sua arquitetura Omni-Path (Intel® OPA200), que deve estar disponível em 2019 com taxas de transferência de dados de até 200 Gb/s – o dobro de desempenho em relação à geração anterior. Essa estrutura será interoperável e compatível com a atual geração Intel® OPA. Seus recursos de alto desempenho e baixa latência em escala assegurarão a capacidade de crescer e atingir dezenas de milhares de nós com um melhor custo total de propriedade.

A liderança da Intel em HPC: A ISC 2018 teve início com o anúncio do Top500, que confirmou o Intel® Xeon® como o processador mais utilizado nos principais computadores de alto desempenho do mundo. Os chips da Intel integram 95% dos sistemas atuais de supercomputadores presentes na lista, um crescimento de 2,4% em relação a junho de 2017. Além disso, 27% (ou 37 dos 133) computadores que passaram a figurar no Top500 este ano também contam com sistemas Intel, sendo equipados com a recente linha Intel Xeon Scalable. Os processadores Intel Xeon garantem desempenho e flexibilidade para trabalhar com as mais exigentes cargas de trabalho HPC e com o mais amplo conjunto de tarefas em qualquer escala exigida pelos cientistas e pela indústria.


Mais novidades: A visualização é um componente fundamental para a computação avançada, pois permite que os sistemas apresentem insights melhores com um retorno mais rápido quando se usam conjuntos de dados em larga escala. Ainda durante o evento, a Intel anunciou a Intel® Select Solution for Professional Visualization, uma arquitetura de referência otimizada que pode ser facilmente implantada e foi desenvolvida para superar os desafios mais complexos relacionados com a explosão dos dados. A solução usa memória integrada à plataforma para fazer a renderização gráfica de grandes volumes de dados em tempo real. Uma quantidade maior de memória torna essa solução mais adequada para trabalhar com os grandes conjuntos de dados usados nas tarefas HPC do que as arquiteturas com volumes menores de memória. A Intel Select Solution for Professional Visualization é compatível com os principais fornecedores de software e especialistas em visualização e estará disponível ainda este ano por meio de parceiros, entre eles Atipa, Dalco, E4 Computing, Megware e RSC.

Sobre a Intel
A Intel (NASDAQ: INTC) amplia os limites da tecnologia para possibilitar as experiências mais incríveis. Informações sobre a Intel podem ser encontradas em newsroom.intel.com e Intel.com.

Intel e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou suas subsidiárias nos Estados Unidos e/ou outros países.

* Outros nomes e marcas são de propriedade de seus respectivos donos.