Intel’s news source for media, analysts and everyone curious about the company.

Intel Planeja Novo System-on-Chip Baseado no Processador Intel® Atom™

Rattner, CTO da Intel, apresenta desafios na pesquisa para o consumo de energia em lares, carros e redes

Notícias em Destaque

  • A Intel revelou o próximo system-on-chip (SoC) “Tunnel Creek” para telefones IP, impressoras e sistemas de informação e entretenimento para veículos.
  • A fabricante de carros chinesa HawTai pretende utilizar o processador Intel® Atom™ e o software MeeGo* nas futuras plataformas veiculares de informação e entretenimento.
  • A Intel trabalha em parceria com a China Mobile; outras empresas de telecomunicações estão adotando os processadores da Intel® para redes de próxima geração.
  • A Intel Labs exibiu novos sensores e painéis elétricos inteligentes capazes de ler e apresentar, em tempo real, como casas e empresas consomem energia.

Intel Developer Forum, Pequim, 15 de abril de 2010 – Dois executivos da Intel apresentaram os últimos produtos system-on-chip (SoC) para aplicações embarcadas e descreveram uma nova pesquisa para permitir que lares e pequenas empresas usem e gerenciem melhor o consumo de energia.O próximo produto Intel SoC utiliza um núcleo de processamento Intel® Atom™ que, pela primeira vez, permitirá que outras empresas criem dispositivos compatíveis com o padrão PCI Express* para conexão direta com o chip, o que oferece uma nova flexibilidade para aplicações embarcadas.

A Intel também destacou o trabalho com a HawTai, a principal fabricante chinesa de carros que planeja usar os processadores Intel Atom e o software MeeGo* em seus sistemas de informação e entretenimento veiculares. Além disso, a China Mobile, a maior empresa de telecomunicações sem-fio do mundo, adotará os chips da Intel® nas plataformas específicas que equipam suas redes sem-fio.

“A Intel está comprometida em focar suas tecnologias para aplicações inovadoras na China”, declarou Doug Davis, vice-presidente corporativo e gerente geral do grupo de comunicações e embarcados da Intel. “Estamos cooperando com empresas locais da China para fornecer as melhores e mais inteligentes soluções computacionais para carros, casas e empresas, pronunciando a infra-estrutura necessária para uma experiência de Internet com maior rapidez e mobilidade”.

Davis revelou detalhes sobre o futuro produto da Intel® de codinome “Tunnel Creek” durante seu discurso. Esse SoC para aplicações embarcadas, como sistemas de informação e entretenimento veicular e telefones IP, disponibilizará uma interface padrão com o processador. O SoC altamente integrado combina núcleo de processamento Intel Atom, controlador de memória, unidades gráfica e de vídeo em um único chip.

Este produto também permitirá que empresas conectem seus chips personalizados ao chip da Intel, desde que sejam compatíveis com o padrão PCI Express. A flexibilidade dessa solução integrada em um único chip ajuda a reduzir os custos da lista de materiais, ainda economizando espaço em placa para aplicações embarcadas.

Vitórias da China em carros e telecomunicações
Davis também deu as boas-vindas no palco a um executivo da maior fabricante chinesa de carros, a Rongcheng HawTai Automobile. A HawTai anunciou que o novo sedan de luxo B11* incorporará o processador Intel Atom em seu sistema de informação e entretenimento veicular juntamente a plataforma de software de código aberto MeeGo.

“Com uma solução de informação e entretenimento baseada no processador Intel Atom, aproveitamos as mais novas tecnologias de Internet assim como as já estabelecidas, reutilizando softwares existentes desenvolvidos na plataforma MeeGo, baseada em Linux”, declarou o Sr. Wang Dian Ming, vice-chairman da HawTai Automotive. “Isso nos economiza custos no desenvolvimento de aplicações e permite que novos serviços sejam lançados rapidamente e com grande confiabilidade”.

À medida que mais computadores e dispositivos similares a PCs se conectam a Internet, as empresas de telecomunicações estão procurando acomodar a crescente demanda por conectividade de maneira mais eficiente e com melhor custo-benefício. Davis delineou a visão da Intel de aplicar o modelo computacional e de nuvem da indústria de TI à indústria de telecomunicações para consolidar as demandas de rede em uma arquitetura única. Ele disse que os líderes mundias da indústria de telecomunicações estão endossando a arquitetura da Intel® em suas plataformas de infra-estrutura de próxima geração, incluindo Alcatel-Lucent, Ericsson, Hauwei e ZTE.

No palco, o Dr. Cui Chunfeng, gerente dos laboratórios de pesquisa de comunicações sem-fio do Instituto de Pesquisa Móvel da China, discutiu como a maior empresa de aplicações sem-fio do mundo trabalhará em parceria com a Intel no desenvolvimento da sua infra-estrutura de rede sem-fio de próxima geração para ajudar a levar a China Mobile para um modelo de ‘computação em nuvem’.

“A China Mobile vem pesquisando uma nova arquitetura de Acesso a Rede via Rádio, que pretende fornecer à nossa rede sem fio de banda larga grandes benefícios através de melhor eficiência no consumo de energia, redução do custo total de propriedade e alto desempenho, ao mesmo tempo em que mantém a flexibilidade para alocar recursos de infra-estrutura para condições distintas de carga da rede”, declarou o Dr. Cui. “Para transformar essa visão em realidade queremos utilizar a arquitetura Intel em nossa próxima geração de infra-estrutura, aproveitando os benefícios de flexibilidade, escalabilidade e rápido ritmo de inovação que uma arquitetura definida por software permite”.

Gestão pessoal de energia
Seguindo Davis no palco, o Chefe do Departamento de Tecnologia da Intel e diretor-gerente da Intel Labs, Justin Rattner, discutiu como uma tecnologia mais inteligente em casa e no trabalho pode reduzir e melhorar a gestão do consumo de energia. Rattner disse que o objetivo da empresa é aplicar a tecnologia Intel de modo que permita que os consumidores e pequenas empresas possam fazer melhores escolhas com relação ao consumo de energia.

“A participação dos consumidores é fundamental”, declarou Rattner. “Os consumidores precisam ter acesso às informações, ferramentas e incentivos para economizar os escassos recursos energéticos, minimizar seus impactos de carbono e manter sob controle seus orçamentos para o consumo de energia. Se pudermos personalizar o consumo de energia com informações em tempo real e oferecermos ferramentas visuais que engajem comunidades inteiras, isso resultará em mudanças valiosas no comportamento e economizará quantidades imensas de energia”.

Os pesquisadores da Intel inventaram um novo dispositivo sem fio para fornecer dados sobre energia de maneira fácil e barata para os consumidores. O sensor experimental de baixo custo precisa apenas ser plugado na fiação da casa para aferir instantaneamente e demonstrar o consumo de energia de cada equipamento elétrico da casa através de uma conexão sem-fio. A tecnologia poderia ser facilmente adotada pelos consumidores para analisar o uso da energia dos dispositivos e eletrodomésticos por toda a casa.

Rattner também demonstrou um protótipo em funcionamento de um monitor de energia doméstico com a tecnologia Intel que quando usado em conjunto com um sensor sem-fio de consumo, monitora o desempenho, recomenda soluções para usos mais eficientes, estabelece objetivos e recompensa o sucesso. O par de dispositivos forma o coração do sistema de gestão pessoal de energia que poderia ajudar cada lar dos EUA a economizar até USD 470 por ano em contas de luz. Considerando que os EUA possuem 113 milhões de lares, a economia potencial é de mais de USD 50 bilhões por ano. Se apenas um por cento dos lares dos EUA conseguissem materializar essa economia, isso poderia reduzir a demanda anual por carvão em 371,000 toneladas e reduzir as emissões de carbono em 2,4 milhões de toneladas, ou o equivalente a retirar 535,000 carros das ruas. O CTO da Intel continuou a descrever como melhorar a gestão pessoal de energia dos carros elétricos. Ele disse que à medida que o volume de carros elétricos aumentar, uma sobrecarga ocorrerá na malha elétrica durante a noite, quando a maioria estiver carregando. A Intel Labs está pesquisando como coordenar melhor os horários de carregamento para diminuir os picos de carga, o que reduziria a necessidade de atualizar as instalações de distribuição locais de energia e economizaria uma quantidade significativa de dinheiro.

Veja vídeos, fotos e mais em www.intel.com/pressroom/IDF Información en inglés.

Sobre a Intel
A Intel [NASDAQ: INTC], líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/portugues/pressroom/index.htm e http://blogs.intel.com/brasildigital/.

Siga a Intel no Twitter*: www.twitter.com/intelbrasil

Intel, Intel Atom e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

* Outros nomes e marcas são propriedades de outros.

Sobre a Intel

A Intel (NASDAQ: INTC) é líder da indústria e cria tecnologias que mudam o mundo, apoiando o progresso e melhorando a vida das pessoas. Inspirados pela Lei de Moore, trabalhamos continuamente no aprimoramento do design e da fabricação de nossos semicondutores para ajudar clientes e parceiros a encontrar a melhor resposta para seus maiores desafios. Ao incorporar inteligência à nuvem, rede, borda e em todos os dispositivos de computação, fazemos com que o potencial dos dados seja realmente capaz de transformar os negócios e a sociedade. Para saber mais sobre as inovações da Intel, acesse newsroom.intel.com.br e intel.com.br.

© Intel, o logo da Intel e outras marcas Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias. Outros nomes e marcas são de propriedade de seus respectivos donos.