Intel ISEF 2018: Jovens inovadores de todo o mundo competem na maior feira internacional de Ciência e Engenharia

O Brasil será representado por 25 alunos de diferentes estados e seus 18 projetos

Maior competição internacional de ciências do mundo para jovens inovadores, o Intel ISEF – Feira Internacional de Ciências e Engenharia, parte do programa da ONG Society for Science & the Public, acontece esta semana em Pittsburgh, Estados Unidos. Nesta edição, o Brasil é representado por 25 estudantes de diferentes estados e seus 18 projetos inovadores.

Aproximadamente 1.800 estudantes do ensino médio de 80 países foram selecionados para apresentar suas invenções e pesquisas científicas em realidade virtual, energia sustentável e aprendizagem de máquina, entre tantos outros temas. Os finalistas concorrem a cinco milhões de dólares em prêmios e bolsas de estudo, incluindo 75 mil dólares pelo prêmio Gordon E. Moore, cientista e cofundador da Intel, e dois prêmios Jovem Cientista, no valor de 50 mil dólares cada, todos concedidos pela Fundação Intel.

A lista completa dos finalistas está disponível no site do evento. A cerimônia de premiação ocorre na manhã da próxima sexta-feira, 18 de maio. Conheça os projetos dos estudantes brasileiros:

  1. Tratamento para Melona

Juliana Martes Sternlicht, 16 anos (Colégio Dante Alighieri, São Paulo – SP)

O melanoma é o tipo mais agressivo de câncer de pele – estimativas mostram que, até 2020, o Brasil deva registrar 7.703 casos e 2.463 mortes devido à doença. Nessa pesquisa, foi averiguada a possibilidade de um tratamento com um quimioterápico de cisplatina com a l-butionina-sulfoximina (BSO).

  1. Energia Solar Fotovoltaica

Caio Vinicius Lima de Souza, 17 anos (Escola Professor Gabriel de Almeida Café, Macapá – AP)

A utilização da energia solar fotovoltaica para geração de eletricidade tem sido cada vez mais considerada como alternativa para redução dos impactos ambientais causados pelo homem. Com o objetivo de realizar a dessalinização da água do mar por meio da construção de um protótipo com material alternativo e a conversão fotovoltaica para produção de energia elétrica alternativa, a pesquisa traz uma ideia ecologicamente correta que pode amenizar o problema da ausência de energia elétrica e recursos hídricos em

Sucuriju, distrito localizado no extremo leste do Estado do Amapá e banhado pelo Oceano Atlântico.

  1. Quadricóptero Autônomo

Pedro Henrique Capp Kopper, 17 anos (Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha, Novo Hamburgo – RS)

O objetivo desse trabalho é o desenvolvimento de um quadricóptero capaz de mapear ambientes de forma autônoma, que vai permitir que mais aeronaves sejam operadas por menos pessoas, permitindo mais eficiência na realização de missões que sejam perigosas ou caras demais para serem realizadas por seres humanos. Por exemplo, a Cruz Vermelha utiliza quadricópteros para obter dados aéreos de áreas muito perigosas para acesso humano. O trabalho teve como base o desenvolvimento da aeronave, desde a placa de eletrônicos até os algoritmos de fusão de sensores e estabilização, além do mapeamento.

  1. Sínteses Químicas com Catalisadores Sustentáveis

Gabriel Negrão de Morais, 18 anos (SESI Djalma Pessoa, Salvador – BA)

A biocatálise, ramificação da biotecnologia, se estabelece como uma área promissora em tecnologias verdes no Brasil para síntese de compostos com valor agregado como fármacos e agroquímicos. Diante desse cenário, a pesquisa tem como objetivo o desenvolvimento de rotas alternativas, sustentáveis e sinérgicas com a natureza, para a realização de sínteses químicas através da utilização de catalisadores sustentáveis.

 

  1. Hidrólise da Lactose

Amanda Sayuri Senno Kakuno, 17 anos (Colégio Interativa, Londrina – PR)

A pesquisa tem como objetivo avaliar quais as melhores condições para a hidrólise da lactose por meio da enzima b-galactosidase, produzida pela levedura Saccharomyces fragilis IZ 275, avaliando qual é o processo metodológico mais eficiente para tal hidrólise determinando diferentes parâmetros da caracterização da enzima.

  1. Planta Medicinal – Barbatimão

Vanessa Aparecida Vasconcelos de Freitas, 18 anos

 

A planta medicinal barbatimão (Stryphnodendron adstringens) é uma espécie nativa do cerrado brasileiro, e sua exploração medicinal tem incentivado várias pesquisas em diversos ramos das Ciências Biológicas. Diante de seus múltiplos benefícios na área da saúde, essa pesquisa teve por objetivo investigar as atividades biológicas do extrato hidro alcoólico da casca de barbatimão e as aplicações fito químicas, farmacológicas e ambientais, relacionadas ao extrativismo da espécie.

 

  1. Sentar para brincar

Émerson da Costa Silva, 18 anos / Matheus Bender, 18 anos (Fundação Liberato, Novo Hamburgo – RS)

A teoria do cognitivismo de Jean Piaget exprime a necessidade de as crianças interagirem diretamente com o ambiente e assimilarem o conhecimento de forma autônoma, afirmando que somente na interação direta entre sujeito e objeto é que o desenvolvimento pode ser completo na infância. Porém, nunca será da mesma forma para indivíduos cadeirantes e isso implica em situações de desigualdade para esses indivíduos. A pesquisa consiste em como possibilitar que uma criança cadeirante possa desfrutar das mesmas experiências pedagógicas com segurança, praticidade e conforto. Um protótipo de um dispositivo móvel, próximo ao solo, foi desenvolvido pelos estudantes para dar à criança liberdade de movimentação pelo ambiente e autonomia para suas brincadeiras.

 

  1. Biosorventum: uma nova abordagem para o tratamento de efluentes têxteis

Juliana Davoglio Estradioto, 17 anos (IF, Osório – RS)

Os segmentos industriais geram efluentes com altas cargas de matéria orgânica e contaminantes tóxicos, como sais inorgânicos dissolvidos, metais pesados e corantes. A indústria têxtil utiliza 275 a 365 litros de corante para tingir 1 kg de tecido, consumindo 15% de toda água industrial brasileira. Os efluentes têxteis possuem altas quantidades de corantes, que quando despejados nos corpos hídricos afetam a natureza da água ao diminuir a concentração de oxigênio dissolvido e ao inibir a penetração de luz solar nos rios, causando a morte de animais aquáticos e reduzindo as atividades fotossintéticas. Portanto, o objetivo do projeto foi avaliar o uso de resíduos agroindustriais do Litoral Norte gaúcho na adsorção do corante azul de metileno em efluente têxtil, com objetivo de promover uma alternativa econômica ao tratamento de corantes de difícil degradação provenientes de efluentes industriais e o reaproveitamento de subprodutos agrícolas.

 

  1. Antifúngicos

Andrea Auler, 18 anos / Laura Cavalheiro Brizol, 18 anos (Fundação Liberato, Novo Hamburgo – RS)

Nas últimas décadas, a frequência de infecções fúngicas sistêmicas tem crescido drasticamente e, a cada ano, milhões de pessoas sofrem com infecções fúngicas graves, que ameaçam suas vidas. Entretanto, o número de antifúngicos atualmente é limitado, o que torna o estudo sobre novos antifúngicos imprescindível. Este trabalho teve como objetivo avaliar grupos de compostos de extensa aplicabilidade biológica que são fortes candidatos para serem antifúngicos.

 

  1. Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC)

Ricardo Angelin Pereira Giorgion, 17 anos (Escola Alef Peretz, São Paulo – SP)

O Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) é um transtorno psiquiátrico comum e grave, caracterizado pela presença de obsessões, pensamentos intrusivos, irracionais, repetitivos e/ou comportamentos ritualizados (compulsões). A origem do TOC é multifatorial e poligênica, o que torna difícil a compreensão dos fatores associados com o risco de desenvolver o transtorno. A forma proposta neste trabalho para estudar estes fatores é a partir de traços altamente hereditários, associados com a doença na população, independente do estado clínico e cosegregado com a doença dentro da família (os endofenótipos ou fenótipos intermediários), para assim poder ajudar os pacientes com terapias focadas nestes traços e também na prevenção para o desenvolvimento do TOC.

  1. Ciclo Ambiental Polimérico

Myllena Cristyna Braz da Silva, 19 anos (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Limoeiro do Norte – CE)

Este trabalho visa a resolver dois problemas: a não reciclagem completa do poliestireno expandido – que, por levar 150 anos para se decompor, provoca diversos problemas ao meio ambiente (entupimentos em bueiros, suas consequentes enchentes e o grande volume ocupado em aterros e lixões) – e a falta de bons equipamentos para a remoção do petróleo derramado nos mares, catástrofe ambiental que afeta a vida marinha e seus ciclos ambientais. Foram desenvolvidas novas aplicações para o isopor em um ciclo ambiental polimérico, transformando o poliestireno expandido em materiais cristalinos capazes de diminuir a poluição marítima por petróleo.

  1. Candida ssp.

Maria Vitoria Valoto, 17 anos (Colégio Interativa, Londrina – PR)

A resistência fúngica refere-se à capacidade dos fungos se multiplicarem mesmo na presença de antimicrobianos, dificultando o combate de infecções causadas pelos mesmos. Essa pesquisa teve como objetivo combater o fungo Candida spp., e para isso foi utilizado uma bactéria encontrada em um pomar de laranjas, denominada como LV, a bactéria foi isolada e produzida, tendo seus compostos extraídos.

  1. Microalgas para ajudar no Efeito Estufa

Marcos Felipe Soares Alves Pereira, 18 anos / João Vitor dos Santos Oliveira, 18 anos – (Escola SESI Djalma Pessoa – Unidade Piatã, Salvador – BA)

O efeito estufa é importante para o equilíbrio ecológico terrestre ao ajudar a manter uma temperatura habitável no planeta. Entretanto, devido às ações antrópicas, são lançados na atmosfera gases intensificadores que provocam a poluição do ar e o aumento da temperatura, evidenciando a necessidade de estudos voltados à redução da emissão de CO2. O projeto visa empregar a capacidade metabólica de microalgas da espécie Dunaliella salina para fixação de CO2 antrópico e realizar o aproveitamento da biomassa na síntese de tensoativo.

  1. Detecção de drogas em bebidas alcoólicas

Isabela Dadda dos Reis, 17 anos (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Novo Hamburgo – RS)

Um crime facilitado por drogas é a situação em que alguém é vítima de um ato criminoso sob o efeito de álcool ou drogas. As drogas mais utilizadas em tal prática são as benzodiazepinas, o ácido γ-hidroxibutírico e a cetamina, que incapacitam a vítima, prejudicando seu estado de consciência e sua capacidade de defender-se. Os efeitos aparecem após 15 minutos do consumo, dando à vítima pouco tempo para pedir ajuda. Este trabalho teve como objetivo desenvolver um mecanismo colorimétrico para detecção de drogas benzodiazepínicas em bebidas alcoólicas adulteradas. Foi possível desenvolver um protótipo portável, de fácil utilização e baixo custo, possibilitando que a vítima descarte a bebida ou encontre ajuda antes que a droga faça efeito.

  1. Distribuidor de Líquido Autônomo

Gabriel Gelli Checchinato, 18 anos (Colégio Ser, Jundiaí – SP)

O projeto visa a criação e desenvolvimento de um mecanismo que aperfeiçoe os sistemas de enchimento como purificadores de água e dispensers de refrigeradores, tornando o processo completamente autônomo e dispensando, dessa forma, a presença do usuário. O mecanismo funciona a partir da implementação no dispenser de sensores e atuadores comandados por um dispositivo de controle.

  1. Recuperação de Cobre através da oxidação espontânea

Vitória Ventura, 16 anos / Kaíque Gonçalves Ferreira, 16 anos / Elizandra Larissa da Silva, 16 anos (ETEC Trajano Camargo, Limeira – SP)

A região de Limeira (SP) é o maior centro latino-americano na produção de folheados, e a consequente geração de efluentes caracterizados pela presença de metais pesados e classificados como resíduos perigosos foi um dos motivos para realização do projeto. O objetivo é a retirada de níquel e de cobre, através do beneficiamento do lodo, para a produção de sais como o cloreto de níquel II e o sulfato de cobre II, diminuindo problemas ambientais causados pelos mesmos.

  1. Cartografia de Adolescentes desaparecidos na periferia

Clara Helena Vicentini Ferreira do Valle, 17 anos / Ana Carolina Bueno Gonçalves, 16 anos / Beatriz de Souza Bim, 16 anos (Escola Nova Lourenço Castanho, São Paulo – SP)

A partir de uma análise criteriosa das informações contidas em 185 boletins de ocorrência (BOs), referentes ao desaparecimento de adolescentes registrados no “Triângulo da Violência” (os bairros de Jardim Herculano, Capão Redondo e Parque Santo Antônio, na periferia da cidade de São Paulo), foram catalogadas informações como  gênero, cor/raça, idade, escolaridade, região e presença da figura paterna para a elaboração de uma cartografia étnico-social estruturada nas informações dos adolescentes desaparecidos na região.

  1. Sementes com Gás Carbônico

João Americo Macori Barboza, 17 anos (Colégio Londrinense – Instituto Filadélfia de Londrina, Londrina – PR)

Após observar um aumento no desenvolvimento das plantas por meio da utilização do CO2, a pesquisa visa comprovar a eficiência do tratamento de sementes com gás carbônico na produção agrícola de milho. O mais importante é que, pelo baixo custo do tratamento desenvolvido, é possível utilizar sementes sem tratamento industrial prévio, reduzindo consideravelmente os custos para o produtor agrícola.

 

Para obter mais informações sobre o compromisso da Intel com a educação, visite a página Intel Innovation Generation e participe da conversa no Facebook e no Twitter.

 

Sobre a Intel:

A Intel (NASDAQ: INTC), líder na indústria de semicondutores, está construindo o futuro orientado ao uso de dados pela computação e telecomunicações como base das inovações. O vasto conhecimento em engenharia da Intel ajuda as empresas a enfrentarem os maiores desafios do mundo, além de proteger, alimentar e interligar bilhões de dispositivos e infraestrutura de um mundo inteligente e integrado - da nuvem à rede, do começo ao fim, conectando tudo que há no meio.
Para mais informações sobre a Intel, acesse:
newsroom.intel.com e intel.com.

Intel e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou suas subsidiárias nos Estados Unidos e/ou outros países.

*Outros nomes e marcas são de propriedade de seus respectivos donos.