Inovações da Intel definem o futuro da supercomputação

 

A Intel exibiu esta semana no evento Supercomputing 2018 como suas tecnologias líderes de mercado nas áreas de computação, memória e interconexão estão definindo o futuro da supercomputação. A empresa apresentou uma prévia da próxima geração de processadores de alto desempenho Cascade Lake, otimizados para suportar as mais exigentes cargas de trabalho de dados, e destacou o uso das Memórias Persistentes Intel® Optane™ DC em novos supercomputadores.O que há de novo: esta semana no Supercomputing 2018, Intel exibe como suas tecnologias líderes do setor nas áreas de computação, memória e interconexões são definir o futuro dos supercomputadores. Intel inspecionado seu lago da cascata próxima geração avançado processador de desempenho, otimizado para suportar as mais exigentes cargas de dados e destacou o uso de memória Intel® Optane™ DC persistente em supercomputadores de última geração. O que há de novo: esta semana no Supercomputing 2018, Intel exibe como suas tecnologias líderes do setor nas áreas de computação, memória e interconexões são definir o futuro dos supercomputadores. Intel inspecionado seu lago da cascata próxima geração avançado processador de desempenho, otimizado para suportar as mais exigentes cargas de dados e destacou o uso de memória Intel® Optane™ DC persistente em supercomputadores de última geração.

“O ritmo da inovação no atual universo dos supercomputadores é impressionante e não mostra sinais de desaceleração. Na comunidade científica e também no setor comercial da Computação de Alto Desempenho (HPC), os clientes estão exigindo a capacidade de lidar com a convergência entre Inteligência Artificial (IA) e HPC em uma escala sem precedente. A Intel está especialmente posicionada para cumprir a promessa dessa infraestrutura inteligente, abrindo caminho para novas pesquisas e perspectivas industriais que ante eram inimagináveis”, explica Rajeeb Hazra, vice-presidente corporativo e gerente geral da Intel, para a área de Negócios Empresariais & Governo.

Durante o Supercomputing 2018, a Intel divulgou novos resultados de desempenho para os avançados processadores Cascade Lake, uma nova classe de chips Intel® Xeon® Scalable projetada para prover a convergência entre Computação de Alto Desempenho (HPC) e cargas de trabalho de Inteligência Artificial (IA). Com idade prevista para o primeiro semestre de 2019, o Cascade Lake de alto desempenho foi projetado para acelerar aplicações nos campos da física, modelagem de clima, manufatura e ciências biológicas e dos materiais. O processador usa tecnologia Intel® DL Boost, que eleva o desempenho de inferência de IA/aprendizagem profunda em até 17 vezes1 em comparação com medições feitas com o processador Intel Xeon Platinum em seu lançamento em 2017.

A North German Supercomputing Alliance adotará os avançados processadores Cascade Lake em sua nova geração de supercomputadores para permitir significativos ganhos computacionais e eficiência. Vários OEMs também anunciaram planos de usar o Cascade Lake desempenho, entre eles Bull Atos*, Colfax*, Cray*, HPE*, Inspur*, Lenovo*, Megware*, Penguin*, Quanta*, Sugon* e Supermicro*.

A Intel também anunciou um ótimo momento para as memórias persistentes Intel Optane DC na arena da HPC. O Texas Advanced Computing Center (TACC) foi o primeiro supercomputador a adotar a tecnologia em seu futuro sistema Frontera. A memória persistente Intel Optane DC, que será entregue com a próxima geração da plataforma de Intel Xeon Scalable (codinome Cascade Lake), é uma tecnologia inovadora que aumenta a capacidade de memória para servidores, eleva o desempenho das aplicações e, ao contrário da DRAM, oferece os benefícios de persistência de dados. Em supercomputadores, que trabalham com dados na casa de vários petabytes, a memória persistente da Intel vai assegurará “boot quase instantâneo” de racks e check-pointing avançado em grande escala. Usando a próxima geração de processadores Intel Xeon Scalable, o Frontera do TACC deverá ser o supercomputador mais rápido em uma campus universitário2. O Frontera possibilitará que os pesquisadores acadêmicos façam importantes descobertas em vários campos científicos, da astrofísica à zoologia

A indústria está se movendo para além da computação clássica de alto desempenho e entrando na nova era centrada em dados, na qual a HPC se mescla com Recursos Analíticos e IA em uma escala bem maior. O portfólio da Intel centrados em dados – que fornece tecnologias avançadas para mover, armazenar e processar dados –  tem sido muito demandado para atender às exigências de supercomputação de clientes insaciáveis agora e no futuro. Nos últimos quatro anos, mais de 90% dos clientes Top500 de supercomputadores escolheram as soluções da Intel como base para os sistemas mais rápidos do mundo.

1Inferência DL: Plataforma: CPU 2S Intel® Xeon® Platinum 8180 @ 2,50GHz (28 núcleos), HT desativada, turbo desativado, regulador de escala (scaling governor) definido como “performance” via intel_pstate driver, 384 GB de RAM DDR4-2666 ECC. CentOS Linux release 7.3.1611 (Core), Linux kernel 3.10.0-514.10.2.el7.x86_64. SSD: Intel® SSD DC S3700 Series (800 GB, 2.5in SATA 6Gb/s, 25nm, MLC).Performance medida com: Variáveis do ambiente: KMP_AFFINITY=’granularity=fine, compact’, OMP_NUM_THREADS=56, Frequência da CPU definida com cpupower frequency-set -d 2.5G -u 3.8G -g performance. Caffe: (http://github.com/intel/caffe/), revisão f96b759f71b2281835f690af267158b82b150b5c. Inferência medida com comando”caffe time –forward_only”, treinamento medido com comando “caffe time”. Para topologias “ConvNet”, foi usado dummy dataset. Para outras topologias, os dados foram armazenados em mídia local e em memória cache antes do treinamento. Especificações de topologia de https://github.com/intel/caffe/tree/master/models/intel_optimized_models (ResNet-50) e https://github.com/soumith/convnet-benchmarks/tree/master/caffe/imagenet_winners (benchmarks ConvNet; os arquivos foram atualizados para usar o formato Caffe prototxt mais recente, mas são funcionalmente equivalentes). Compilador Intel C++ versão 17.0.2 20170213, bibliotecas Intel MKL versão 2018.0.20170425. Caffe foi executado com “numactl -l”. Testado pela Intel em 11 de julho de 2017 – comparado com projeções do processador Cascade Lake Advanced Performance 1 nó, 2 sockets e 48 núcleos da Intel de 7/10/2018.

Sobre a Intel:

A Intel (NASDAQ: INTC), líder na indústria de semicondutores, está construindo o futuro orientado ao uso de dados pela computação e telecomunicações como base das inovações. O vasto conhecimento em engenharia da Intel ajuda as empresas a enfrentarem os maiores desafios do mundo, além de proteger, alimentar e interligar bilhões de dispositivos e infraestrutura de um mundo inteligente e integrado - da nuvem à rede, do começo ao fim, conectando tudo que há no meio.
Para mais informações sobre a Intel, acesse:
newsroom.intel.com e intel.com.

Intel e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou suas subsidiárias nos Estados Unidos e/ou outros países.

*Outros nomes e marcas são de propriedade de seus respectivos donos.