IDF 2015 Mega Session 5G: Inovação do Cliente até a Nuvem

NOTÍCIAS EM DESTAQUE:

  • A Intel aplica seu expertise em computação, rede e comunicações wireless para desenvolver soluções 5G que integrem inteligência por toda a rede, do dispositivo ao data center.
  • A Intel está colaborando com fabricantes de equipamentos e dispositivos, como a Nokia*, operadoras de rede, provedores de serviços como a NTT DOCOMO* e a SK Telecom*, instituições acadêmicas e outros para acelerar o desenvolvimento de padrões 5G e solucionar os desafios técnicos.
  • A Intel anunciou a criação do Intel® Network Builders Accelerator, um programa projetado para acelerar a inovação no ecossistema de rede.


San Francisco, 19 de agosto de 2015 – No IDF 2015, a Intel realizou um painel sobre 5G para discutir como a próxima geração da rede móvel suportará as categorias de aplicações e experiências dos usuários ao integrar tecnologias wireless inovadoras com tecnologias de rede inteligentes e de alto desempenho.

A Intel está colaborando com fabricantes de equipamentos e dispositivos, operadoras de rede, provedores de serviços e instituições acadêmicas, entre outros, para acelerar o desenvolvimento de padrões 5G e solucionar os desafios técnicos. Por meio dessas colaborações, a Intel está aplicando sua experiência em computação, rede e comunicações wireless para desenvolver soluções 5G que integrem inteligência por toda a rede, ponto a ponto, do data center ao dispositivo e em todos os sistemas entre eles. Esta abordagem no nível dos sistemas habilitará dispositivos mais funcionais, redes mais eficientes e com melhor custo-benefício, além de experiências mais intuitivas, enriquecedoras e imediatas ao usuário.

5G e Redes Futuras: Com o uso de conexões wireless rápidas para a computação baseada na nuvem e serviços de dados, bem como para outros dispositivos conectados, a 5G habilitará uma variedade de novas capacidades, como automóveis autoconduzidos com a escolha inteligente de rotas, cidades inteligentes, inovações conectadas em saúde entre outras. Enfrentar este desafio e atender as demandas de capacidade e eficiência da 5G exigirá novas abordagens para o design de redes e dispositivos.

Computação e comunicações convergirão: a 5G não será simplesmente sobre aumentar a velocidade e a capacidade, mas também será sobre a inteligência por toda a rede a fim de habilitar os dispositivos e a rede a se comunicarem de forma mais eficiente, transportar dados e conteúdo mais rapidamente e compartilhar recursos computacionais. Os dispositivos e a rede também precisarão trabalhar juntos para estabelecer um maior entendimento sobre o serviço inteligente. Eles precisarão priorizar ações com base na importância e serem flexíveis o bastante para acomodar muitos dispositivos com requisitos amplamente variáveis em termos de conectividade, processamento, consumo e latência.

Dispositivos e sensores ficam menores e mais inteligentes: os dispositivos evoluirão em tamanho, forma, função e capacidade computacional no caminho rumo a 5G. As redes e dispositivos precisarão gerenciar de forma inteligente as conexões à medida que os usuários se movem para dentro, para fora e entre as áreas de cobertura dos celulares, além de suprimir a interferência de aparelhos próximos. Eles também desempenharão um maior papel no compartilhamento de informação contextual, criando oportunidades para o desenvolvimento de novas classes de aplicações de vídeo, navegação web, jogos e aplicações interativas baseadas na nuvem.

Construindo uma rede para o futuro: cada vez mais as redes precisam ser projetadas para serem flexíveis, eficientes e escaláveis para acomodar o rápido crescimento em numero e variedade de dispositivos conectados na Internet das Coisas, incluindo vestíveis e serviços envolventes como a realidade aumentada. Isto exigirá um novo espectro wireless e uma maior eficiência da rede.

Transformando a 5G em realidade: a Intel está desenvolvendo tecnologias de acesso de rádio wireless e de processamento de dispositivos para PCs, smartphones, tablets, vestíveis (wearables) etc e sensores conectados. Como parte deste esforço, a Intel está oferecendo uma plataforma aberta para operadoras e está investindo na transformação da rede em quatro áreas-chave, incluindo o avanço de padrões e do código aberto, habilitando plataformas de rede abertas, a construção de um ecossistema aberto na arquitetura Intel e a aceleração de testes e implantações. Para estimular o aceleramento, a Intel está trabalhando em uma série de iniciativas e provas de conceito com líderes da indústria para definir futuras redes e dispositivos.

Para isto, a Intel anunciou o Intel® Network Builders Accelerator, o próximo passo da empresa com a indústria para acelerar a inovação no ecossistema por meio de uma combinação de atividades de desenvolvimento de mercado e de investimentos da Intel Capital em empresas estratégicas e inovadoras que fazem parte do programa Intel® Network Builders. O programa foi projetado para estimular a integração de soluções para implantação, garantir compatibilidade entre diferentes camadas e redes e acelerar a adoção de tecnologias baseadas em padrões usando a arquitetura Intel com testes e implantações com os principais provedores de serviços da indústria.


Colaborações da Intel:

Nokia* – A Nokia e a Intel estão trabalhando juntas para definir especificações do sistema 5G, requisitos de software e implantar uma cama de teste para demonstrar as provas de conceito. Como parte deste esforço, a Nokia AirFrame Data Center Solution  usará os processadores de alto desempenho da Intel como a base para uma arquitetura de nuvem mais flexível e distribuída a fim de habilitar a 5G. Além disso, para aproveitar as colaborações existentes em tecnologia de acesso wireless, as duas empresas pretendem desenvolver uma estrutura de trabalho para uma interface aérea interoperável projetada para demonstrar o desempenho da 5G, voltada para um caso de uso de banda larga móvel.

NTT DOCOMO* – A Intel está colaborando com a NTT DOCOMO para conduzir testes experimentais de chipstes para handsets 5G. As duas empresas também trabalharão juntas no conceitos de interface, design e testes em laboratório e de campo da 5G.

SK TelecomASK Telecom anunciou uma colaboração com a Intel para desenvolver e verificar tecnologias 5G. Juntas, elas construirão um modem que suporte as redes 5G, LTE e 3G e garanta o funcionamento perfeito entre diferentes redes e múltiplos RATs (Radio Access Technology). As duas empresas também continuarão a desenvolver a Anchor-Booster Cell, uma das tecnologias centrais da 5G que habilita a transmissão perfeita de quantidades massivas de dados por meio da combinação de uma rede LTE e WiGig e a próxima geração da wireless LAN.


Consórcios da indústria:
A Intel é membro de sete projetos de pesquisa como parte da Parceria Público-Privada 5G (5G-PPP)* sob o Programa Horizon*. A Intel é a coordenadora de projeto do Flex5GWave, um projeto Horizon2020 que inclui 17 parceiros acadêmicos e da indústria para executar uma pesquisa sobre os principais componentes da 5G a fim de habilitar plataformas de comunicações flexíveis e reconfiguráveis para aplicações e serviços móveis 5G.

Links: 5G Mega Session Replay e Sala de Imprensa do IDF: www.intel.com/newsroom/idf

Sobre a Intel:

A Intel (NASDAQ: INTC), líder na indústria de semicondutores, está construindo o futuro orientado ao uso de dados pela computação e telecomunicações como base das inovações. O vasto conhecimento em engenharia da Intel ajuda as empresas a enfrentarem os maiores desafios do mundo, além de proteger, alimentar e interligar bilhões de dispositivos e infraestrutura de um mundo inteligente e integrado - da nuvem à rede, do começo ao fim, conectando tudo que há no meio.
Para mais informações sobre a Intel, acesse:
newsroom.intel.com e intel.com.

Intel e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou suas subsidiárias nos Estados Unidos e/ou outros países.

*Outros nomes e marcas são de propriedade de seus respectivos donos.