CES 2020: INTEL TRAZ INOVAÇÃO POR MEIO DE TECNOLOGIAS INTELIGENTES ABRANGENDO A NUVEM, A REDE, A BORDA E O PC

Empresas como Cruz Vermelha Americana, Lenovo, Netflix, National Football League (NFL) e Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 abordam o amplo impacto positivo da tecnologia Intel

LAS VEGAS, 6 de janeiro de 2020 – Inovações em inteligência pavimentam o caminho para a condução autônoma. Inteligência artificial programada para salvar vidas. Uma nova era de inovação por computação móvel. O futuro dos esportes e do entretenimento imersivos. Hoje, a Intel falou sobre tudo isso e um pouco mais na CES 2020, mostrando como a empresa está infundindo inteligência na nuvem, na rede, na borda e no PC, ampliando o impacto positivo nas vidas de pessoas, empresas e da sociedade.

Bob Swan, CEO da Intel, abriu a coletiva de imprensa com diversas atualizações sobre a parceria da empresa com a Mobileye, incluindo uma demonstração da tecnologia de condução autônoma RoboCar em uma operação que irá proporcionar mobilidade mais segura para todos. O drive demonstrou a abordagem única e inovadora da Mobileye para oferecer mobilidade mais segura a todos, com uma combinação de inteligência artificial, visão computacional, o modelo de “ciência regulatória” do RSS e verdadeira redundância por meio de sistemas de detecção independentes.

Swan também falou sobre o trabalho desenvolvido pela Intel junto à Cruz Vermelha Americana e o projeto Missing Maps de suporte à prevenção de catástrofes. Por meio do uso de aceleração de IA na segunda geração de processadores escaláveis Intel® Xeon®, a Intel está ajudando a Cruz Vermelha Americana e o projeto Missing Maps na criação de mapas altamente precisos, indicando pontes e estradas em regiões remotas do mundo. O objetivo é auxiliar as equipes de emergência em caso de catástrofes.

“Nosso desejo é ajudar os clientes a aproveitar ao máximo inflexões tecnológicas como IA, 5G e a borda inteligente a fim de que, juntos, possamos enriquecer vidas e moldar o mundo das próximas décadas. Conforme falamos hoje, a infusão de inteligência em todos os aspectos da computação pode ter um impacto positivo em escala inédita”, explica Swan.

Computação móvel combinada a inteligência

A computação móvel teve muito destaque, com anúncios da Intel sobre novos produtos, parcerias e inovações em nível de plataforma que irão transformar a maneira como as pessoas focam, criam e engajam. Gregory Bryant, vice-presidente da companhia fez o seguinte anúncio:

  • Primeira imagem e demonstração dos mais novos processadores móveis Intel® Core™ Tiger Lake: O Tiger Lake foi projetado para dar vida à visão arrojada da Intel em computação móvel, com avanços inovadores em todos os vetores e experiências importantes. Com otimizações para a CPU, aceleradores de IA e a integração de gráficos baseada na nova arquitetura de gráficos Xe da Intel, a tecnologia Tiger Lake irá entregar ganhos de desempenho na ordem de dois dígitos, melhorias significativas em desempenho de IA, um salto enorme em desempenho de gráficos e rendimento quatro vezes maior do USB3 com o novo e integrado Thunderbolt 4. Construídos seguindo o processo 10nm+ da Intel, os primeiros sistemas Tiger Lake devem estar disponíveis ainda esse ano.
  • Amostra da primeira GPU baseada em tecnologia Xe: Lisa Pearce, vice-presidente para Architecture and Graphics and Software na Intel, apresentou dados sobre o progresso da nova arquitetura de gráficos Intel Xe, com enormes ganhos de desempenho no Tiger Lake. A executiva também mostrou em primeira mão a DG1, primeira GPU baseada em tecnologia Intel Xe
  • Atualizações significativas no programa de inovação Projeto Athena da Intel, incluindo os primeiros Chromebooks com o selo da iniciativa: Os produtos verificados pelo Projeto Athena foram ajustados, testados e checados a fim de entregar inovação superior nos sistemas, além de benefícios como maior duração da bateria, poder de resposta consistente, ativação instantânea, compatibilidade de aplicações e muito mais. Até o momento, a Intel já verificou 25 designs de acordo com os requisitos do Projeto Athena e Bryant anunciou a expansão da parceria com o Google e a aprovação de dois Chromebooks, o ASUS Chromebook Flip (C436) e o Samsung Galaxy Chromebook. A empresa espera verificar cerca de 50 outros designs para Windows e Chrome ao longo do ano, além de entregar uma especificação para PCs dual-screen.
  • Inovação em fator de forma, incluindo telas duplas e um design dobrável revolucionário: Por meio de intensos esforços de engenharia com fabricantes parceiros, a Intel ajuda a entregar dispositivos baseados em processadores Intel Core que irão definir a categoria. Isso inclui novos designs de tela dupla e dobráveis como o Lenovo ThinkPad X1 Fold e o Dell Concept Duet. A novidade em parceria com a Lenovo conta com um processador Intel Core aperfeiçoado com Tecnologia Híbrida Lakefield que deve chegar ao mercado até a metade do ano. Bryant também mostrou o mais recente dispositivo conceito da Intel, o fator de forma dobrável para display OLED Horseshoe Bend. Baseado na próxima geração de processadores móveis Tiger Lake da Intel, a novidade se assemelha a um laptop de 12 polegadas com uma tela dobrável sensível ao toque que, quando aberta, transforma-se em uma tela de mais de 17 polegadas.

Transformação de Negócios Impulsionada por Inteligência

O centro de dados é o responsável pela inteligência em negócios do mundo todo e os processadores escaláveis Intel® Xeon® são a fundação. Navin Shenoy, vice-presidente executivo da empresa, afirmou que a terceira geração de processadores escaláveis Intel® Xeon®, que chega ao mercado no primeiro semestre de 2020, contará com as novas extensões Intel® DL Boost para aceleração de treinamento de IA incorporada, proporcionando desempenho 60% melhor comparado à geração anterior.

Shenoy destacou as várias maneiras de introdução de inteligência em plataformas de dados na nuvem, na rede e na borda e como isso transforma os esportes e o entretenimento:

  • Intel e Netflix aceleram serviços de streaming: A Netflix utilizou a mais recente tecnologia de compactação de vídeo, AV1, para aprimorar os serviços de streaming de mídia da Netflix e dar vida a conteúdo em todo o mundo, com até 60% de eficiência de compactação em relação à tecnologia de compactação anterior (AVC). Os esforços conjuntos da Intel e da Netflix continuam com o desenvolvimento de um codificador de alto desempenho de código aberto (SVT-AV1) otimizado nos processadores escaláveis Intel® Xeon® de segunda geração que oferecem ganhos significativos de qualidade e desempenho, tornando-o viável para implantação comercial.
  • Experiências aperfeiçoadas para atletas e espectadores em Tokyo 2020 com o 3D Athlete Tracking: Solução de visão computacional inédita, o 3D Athlete Tracking (3DAT) usa a IA para aprimorar a experiência visual com análises e visualizações praticamente em tempo real. O 3DAT usa câmeras altamente móveis que capturam a forma e os movimentos dos atletas, para então aplicar algoritmos otimizados com Intel DL Boost e executados por processadores escaláveis Intel® Xeon® a fim de analisar a biomecânica dos movimentos desses atletas. Shenoy já anunciou que a tecnologia estará disponível durante os replays dos 100 metros e outras provas de corrida durante os Jogos Olímpicos de Tokyo 2020.
  • Vídeo volumétrico de streaming em larga escala: A Intel e a indústria esportiva estão transformando as experiências dos espectadores de esportes com vídeos volumétricos, um passo importante rumo à visualização de esportes sem limitações. A tecnologia True View™ da Intel® sintetiza todo o volume do campo dos estádios para fornecer ângulos infinitos, permitindo aos fãs escolher qualquer ponto e perspectiva do jogador para ser transmitido em seus dispositivos. A Intel e a NFL apresentaram o poder dos vídeos volumétricos no jogo da 15º semana entre Cleveland Browns x Arizona Cardinals. Os dados produzidos apenas nos minutos iniciais de um jogo da NFL ultrapassam os 3 TB por minuto – um aumento exponencial que exige enorme poder de computação.

Para mais informações sobre todos esses anúncios, incluindo recursos visuais do evento, acesse a sala de imprensa da Intel na CES .

Declarações antecipadas quanto ao futuro
As declarações desse documento que se referem a planos futuros e expectativas, incluindo produtos futuros da Intel e sua disponibilidade e benefícios são consideradas declarações antecipadas quanto ao futuro e envolvem uma série de riscos e incertezas. Termos como “antecipa”, “espera”, “pretende”, “metas”, “planeja”, “acredita”, “busca”, “estima”, “continua”, “poderá”, “irá”, “poderia”, “deveria”, “poderia” e suas variações e similares identificam as declarações prospectivas. Declarações que se referem a ou são baseadas em estimativas, previsões, projeções, eventos ou suposições incertas, incluindo declarações relacionadas ao mercado total endereçável (TAM) ou oportunidades de mercado e antecipação de tendências em nossos negócios ou nos mercados relevantes para eles, também identificam previsões sobre o futuro. Estas declarações estão baseadas em expectativas atuais da empresa e envolvem um número de riscos e incertezas que podem fazer com que resultados reais variem consideravelmente em relação àqueles expressos ou implícitos. Fatores importantes que poderiam fazer com que os eventos e resultados diferissem materialmente das expectativas da empresa foram apresentados no relatório de resultados divulgado pela Intel em 25 de outubro de 2018, e que foram incluídos  no formulário 8-K que a Intel enviou à Comissão de Valores Mobiliários e Câmbio dos EUA na mesma data. Informações adicionais sobre esses ou outros fatores que possam afetar os resultados da Intel encontram-se nos documentos registrados junto à SEC, incluindo os mais recentes relatórios da empresa nos formulários 10-K e 10-Q. Cópias dos relatórios da Intel nos formulários 10-K, 10-Q e 8-K estão disponíveis em nosso site de relacionamento com investidores em www.intc.com ou no site da SEC, www.sec.gov.
Softwares e cargas de trabalho usados em testes de desempenho podem ter sido otimizados para desempenho apenas em microprocessadores da Intel.
Testes de desempenho, como SYSmark e MobileMark, são realizados usando sistemas computacionais, componentes, software, operações e funções específicos. Qualquer alteração dos fatores descritos acima pode causar variações nos resultados. Consulte outras informações e testes de desempenho para ajudá-lo a avaliar totalmente suas aquisições, incluindo o seu desempenho quando combinado a outros produtos. Para mais informações, acesse www.intel.com/benchmarks.
Sobre a Intel
A Intel (NASDAQ: INTC) lidera a indústria de semicondutores e está moldando o futuro centrado em dados com tecnologias computacionais e de comunicação que são a base das inovações do mundo. O vasto conhecimento em engenharia da empresa está ajudando a enfrentar os maiores desafios do mundo, além de ajudar a proteger, alimentar e conectar bilhões de dispositivos e a infraestrutura do mundo conectado e inteligente – da nuvem à rede até a borda e tudo mais. Para mais informações sobre a Intel, acesse newsroom.intel.com e intel.com.
© Intel Corporation. Intel, o logo da Intel e outras marcas Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias. Outros nomes e marcas são de propriedade de seus respectivos donos.

Sobre a Intel:

A Intel (NASDAQ: INTC), líder na indústria de semicondutores, está construindo o futuro orientado ao uso de dados pela computação e telecomunicações como base das inovações. O vasto conhecimento em engenharia da Intel ajuda as empresas a enfrentarem os maiores desafios do mundo, além de proteger, alimentar e interligar bilhões de dispositivos e infraestrutura de um mundo inteligente e integrado - da nuvem à rede, do começo ao fim, conectando tudo que há no meio.
Para mais informações sobre a Intel, acesse:
newsroom.intel.com e intel.com.

Intel e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou suas subsidiárias nos Estados Unidos e/ou outros países.

*Outros nomes e marcas são de propriedade de seus respectivos donos.