A tecnologia 5G da Intel vai ter um papel transformador nos Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio

A tecnologia 5G da Intel teve grande destaque nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 em PyeongChang

Aicha Evans

Os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 foram um teste bem-sucedido mirando um cenário ainda maior e mais desafiador: os Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio – ao mesmo tempo da implantação global dos padrões e do uso comercial do 5G.

Como patrocinadora dos Jogos Olímpicos até 2024, a Intel e a KT, parceira nacional dos Jogos Olímpicos de PyeongChang, entregaram a maior rede 5G das olimpíadas de inverno, incluindo mais de 22 links 5G em 10 localidades com 3.800 terabytes de capacidade.

Com o final das competições, passamos a olhar para o futuro. A Intel agora tem o prazer de anunciar uma cooperação com a NTT DOCOMO, empresa local parceira dos Jogos em Tóquio, para fornecer tecnologias 5G para infraestruturas de rede, conectividade e colaboração em novas de experiências durantes as competições.

Principais iniciativas:

Vídeos de alta resolução: Espere ver streaming de vídeo 8K em 360 graus, capaz de mostrar atividades em tempo real em dispositivos com altíssima resolução nas instalações olímpicas. Em vez de assistir ao surf da praia, por exemplo, as pessoas se sentirão como se estivessem nas pranchas junto com os atletas. Usando sistemas de realidade virtual com Intel® True VR embarcado na TV, headset ou dispositivo móveis, será possível acompanhar as atrações apresentadas pelas emissoras e transmitidas por redes 5G capazes de transportar grandes volumes de dados em velocidades gigabits.

Cidades inteligentes e carros conectados: Isso irá mudar a maneira como as pessoas se locomovem pela cidade de Tóquio. Por conta do alto nível de inteligência nos dispositivos e nas bordas da rede, a tecnologia 5G irá lidar exclusivamente com cargas de trabalho que fazem uso intensivo de dados, como o uso do reconhecimento facial para liberar acesso dos torcedores aos estádios e para reduzir o nível de possíveis ameaças. A Intel e outros parceiros dos Jogos Olímpicos podem oferecer as mais recentes tecnologias de comunicação 5G para veículos, que já alcançaram velocidades de dados de até 1 Gbps para comunicações de vídeo com resolução 4K em um veículo com velocidades de 30 km/h.

Atletas: Eles também terão uma vantagem com o 5G para treinar e competir. O acesso a análises de dados os aperfeiçoará nos programas de treinamento. Dispositivos vestíveis (wearables), equipamentos inteligentes de saúde e simulações de realidade virtual, todos otimizados pelo 5G, podem explorar a inteligência artificial para ajudar os competidores a melhorar seus resultados.

As tecnologias, modems e plataformas de infraestrutura 5G da Intel ajudarão a desenvolver conectividade gigabit, novas soluções de mobilidade, experiências mais imersivas para o público, aplicações para cidades inteligentes e serviços de transmissão.

Estamos otimistas em relação ao que o mundo conectado com o 5G poderá nos beneficiar nos próximos anos à medida que continuarmos definindo, construindo protótipos, testando e finalizando a próxima geração de tecnologias, produtos e soluções 5G. Os Jogos Olímpicos serão o campo de teste definitivo para essas novas tecnologias e a forma como elas afetarão toda a sociedade.

Assim como os atletas se tornam campeões ao desenvolver, aprimorar e aprender constantemente novas habilidades, tenho certeza de que a Intel e seus colaboradores compartilham esse mesmo compromisso implantar essa tecnologia altamente transformadora.

Aicha Evans é vice-presidente sênior e diretor de estratégia da Intel Corporation.

Sobre a Intel
A Intel (NASDAQ: INTC) amplia os limites da tecnologia para possibilitar as experiências mais incríveis. Informações sobre a Intel podem ser encontradas em newsroom.intel.com e Intel.com.

Intel e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou suas subsidiárias nos Estados Unidos e/ou outros países.

* Outros nomes e marcas são de propriedade de seus respectivos donos.