Realidade virtual traz à vida dinossauros brasileiros em exposição no Museu Catavento com apoio da Intel

Idealizada pelo startup VR Monkey, com apoio da Intel, a exposição Dinos do Brasil estreia a instalação de sala de realidade virtual interativa.

São Paulo, 22 de fevereiro de 2017 – A partir do dia 18 de fevereiro, os visitantes do Catavento Cultural e Educacional, instituição de Ciência e Tecnologia da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, poderão conferir a ‘Dinos do Brasil’, exposição que mergulha no passado do planeta e aproxima o público dos dinossauros que habitaram o Brasil por meio de uma experiência imersiva e interativa de áudio e vídeo. Idealizado pela startup brasileira VR Monkey, com apoio da Intel, o projeto trata-se da primeira animação de caráter educacional sobre dinossauros brasileiros feita para óculos de realidade virtual.
Em uma sala de 100m² especialmente equipada com 25 computadores com processadores Intel, um para cada óculos de realidade virtual, os visitantes deixam de ser simples espectadores e tornam-se exploradores em primeira pessoa, de forma realista, navegando por uma simulação do Brasil pré-histórico e suas criaturas.

“Queremos ampliar o alcance, a influência e o poder da computação para melhorar a vida das pessoas e acreditamos que a realidade virtual vai criar maneiras de trabalharmos, estudarmos e nos divertir. Nossa parceria com a VR Monkey e o Catavento Cultural é parte de nossos esforços para fomentar a inovação e a cultura no País e ajudar a trazer esse tipo de tecnologia de ponta para o cotidiano do brasileiro”, afirma Carlos Augusto Buarque, diretor de marketing da Intel Brasil.

Atualmente, a realidade virtual está associada com jogos e entretenimento. Contudo, a tendência é que ganhe popularidade também para uso corporativo e em áreas como educação e saúde e mude a forma de assistir esportes. “A realidade virtual é uma nova maneira de experimentar interações em ambientes físicos e virtuais por meio de um conjunto de tecnologias de sensoriamento e digitalização. A Intel está em uma posição de destaque para fornecer soluções completas para o segmento de VR, além de tornar possível as mais incríveis experiências”, conclui o executivo.

5g-auto-889x500

_dsc0113

Uma viagem ao tempo
A exibição, que dura 32 minutos, leva o público por um passeio guiado pelas paisagens primitivas do Brasil, de norte a sul, nos períodos triássico e cretáceo. Uberabatitan, Abelissauro, Unaissauro e Saturnália são os nomes de algumas das cerca de 20 espécies de dinossauros que habitaram o território brasileiro na era mesozóica, entre 250 milhões e 65 milhões de anos atrás. A bordo de uma cápsula do tempo, o visitante passeia por florestas, desertos e áreas vulcânicas que faziam parte do relevo do território nacional nesses períodos. Enquanto isso, dinossauros e outros bichos pré-históricos interagem com a paisagem e com o visitante.

Além da experiência multissensorial, que estimula visão, audição e senso de direção, trata-se também de uma exibição educativa e cultural, perfeita para ensinar crianças, adolescentes e adultos sobre um aspecto ainda desconhecido da pré-história brasileira. O projeto contou com a consultoria do Prof. Dr. Luiz Anelli do Instituto de Geociências da USP, com o apoio da FAPESP por meio do PIPE, e com o patrocínio da Intel e da Ambev por meio da Lei Rouanet – trata-se do primeiro projeto de realidade virtual financiado por meio desse mecanismo.

Serviço

Dinos do Brasil
A partir de 18 de fevereiro, no Museu Catavento Cultural
Horários: 10h, 11h, 12h, 13h, 14h, 15h e 16h (de terça a sexta-feira sessões para grupos agendados, aos finais de semana, férias escolares e feriados é necessário retirar senha para participar da atividade).
Capacidade: 25 pessoas por sessão
Catavento Cultural e Educacional
Onde: Palácio das Indústrias – Avenida Mercúrio, s/no, Parque Dom Pedro II, Centro – São Paulo/SP
Telefone: 11 3315-0051 – atendimento de segunda a sexta-feira das 10h às 16h
Quando: terça a domingo, das 9h às 17h (bilheteria fecha às 16h)
Idade mínima para visitação: recomendado para crianças a partir de seis anos
Como chegar: www.cataventocultural.org.br/mapas.asp
Ingresso: R$ 6 reais. Aposentados, crianças de 4 a 12 anos, estudantes com carteirinha e pessoas com deficiência pagam meia. Aos sábados, a entrada é gratuita para todos os visitantes.
Acesso por transporte público: estação de metrô Pedro II e terminal de ônibus do Parque Dom Pedro II
Estacionamento: R$ 15 até 4 horas (para visitantes do museu). Adicional por hora: R$ 5,00 (capacidade para 200 carros). Ônibus e vans: R$30,00. Adicional por hora: R$ 10,00.
Infraestrutura: acesso para pessoas com deficiência locomotora.

Sobre a VR Monkey
A VR Monkey, fundada pelos engenheiros Keila Matsumura e Pedro Kayatt, é uma empresa de desenvolvimento de conteúdo de Realidade Virtual em alta qualidade. Com experiência nas áreas de educação, simuladores, treinamento, jogos, arquitetura e vídeos 360, seus produtos receberam vários prêmios ao redor do mundo. Informações sobre a VRMonkey podem ser encontradas em www.facebook.com/vrmonkeybr ewww.vrmonkey.com.br.

About Intel
Intel (NASDAQ: INTC) expands the boundaries of technology to make the most amazing experiences possible. Information about Intel can be found at newsroom.intel.com and intel.com.

Intel and the Intel logo are trademarks of Intel Corporation in the United States and other countries.

*Other names and brands may be claimed as the property of others.